Quinta, 9 de Abril de 2020
(67) 9 9923-8059

CRISTIANE TIAGO - PRATICANDO A ESCRITA
A prova do Enem e o candidato
Reproduzida do blog praticandoaescrita.com
10 MAR 2020
Por Cristiane Tiago
09:35

Foto: Reprodução
Em 2012 fiz o primeiro Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). As notas foram terríveis, as seguintes causas são, dificuldade em português, matemática e, as outras matérias nem se fala. Na escola aprendi tirar nota, no ENEM aprendi que exige mais do que “decorebas”, quer saber se o candidato consegue interpretar o texto e compreender o que quer dizer; as contas, se consegue seguir um raciocínio lógico, porque dependendo, um tipo de conta não é necessário, é preciso inserir outra ou mais fórmulas para chegar no resultado. O estilo do ENEM não é o mesmo da estrutura curricular. Pode ter certeza, se fosse aplicado o estilo ENEM na estrutura curricular do ensino escolar, diminuiria vários anos letivos e, o aluno disparado sendo feroz que nem as ‘Tartarugas Ninjas’.

Além disso, a melhor forma de ganhar tempo e até aprendizado na prova do ENEM, é imprimir as antigas pelo site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (INEP) e começar a fazer, desafiar a si mesmo até que consiga aprender como funciona as questões, porque se for depender do estilo tradicional da escola (implantada há anos), ‘tá lascado fi’. E a redação você aprende aqui no ‘Praticando a Escrita’ (fazendo um ‘jabá’ aqui kkkkkk), não só aqui, mas tem vários canais no YouTube com conteúdos excelentes. Não tem outra maneira de aprender a não ser se desafiando, ‘quebrando a cabeça’, passando até um nervoso porque não está conseguindo, mas daí, você não quer ficar “há deixa pra lá”, não! Desafio é desafio, vai ficar que nem um “carrapato” até conseguir resolver ‘o bagulho’, porque ‘o bagulho é doido, entendeu?’.