Sábado, 24 de Agosto de 2019
(67) 9 8425-6032

IN MEMORIAN
Vítima de câncer, professora e gerente da UEMS, Viviane Fachin morre aos 62 anos
Ela descobriu um câncer no cérebro há um mês
12 AGO 2019
Por Midiamax
10:16

Foto: Divulgação/UEMS
A professora Viviane Scalon Fachin, de 62 anos faleceu na tarde deste domingo (12), vítima de um tumor cerebral. Ela também desempenhava a função de gerente universitária na UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), distante a 350 quilômetros de Campo Grande. Devido a complicações em seu estado de saúde, ela foi encaminhada ao Hospital Divina Providência, mas não resistiu.

A professora lutava contra um tumor cerebral que foi diagnosticado há cerca de um mês. O tumor era raro e agressivo, tendo feito Viviane passar por exames e procedimentos considerados adequados no combate contra a doença em Campo Grande, Dourados e Amambai, segundo o site Folha de Dourados.

A universidade publicou uma nota de falecimento em seu site e explicou que “pelo desejo da própria professora, o corpo será transladado até Araçatuba, onde será cremado”. A família da professora também informou que não haverá velório.

Viviane estava desde 2004 na UEMS e era doutora em História pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), mestre em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) graduada em História, Licenciatura Plena, pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Presidente Venceslau.

A docente também integrava o grupo de fundadores da Academia Amambaiense de Letras (Acal).