Terça , 25 de Fevereiro de 2020
(67) 9 8425-6032

SEGURO DESEMPREGO
Governo afirma que liberou o seguro desemprego que estava atrasado
Esta situação ocorreu por causa do saque do FGTS.
22 JAN 2020
Por Roberta Ferreira, jornal Dourados Urgente
12:58

Foto: Divulgação
A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia informou nesta quarta-feira (22) que foram reprocessados 67.523 requerimentos de seguro-desemprego que estavam pendentes por conta da nova modalidade de saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Está tendo atraso ao saque do seguro desemprego por conta do saque imediato do FGTS. 

Segundo o governo, o pagamento das parcelas está agendado para começar em 28 de janeiro. A regra estabelece que a liberação da primeira parcela ocorra 30 dias após a data do requerimento. As demais são pagas com intervalo de um mês contado da primeira parcela.

Pedidos que não tem nenhum impedimento já foram liberados. E provavelmente as novas solicitações não devem serem bloqueadas.

Pode consultar pela internet a situação ou pelo aplicativo da carteira de trabalho digital. 

Segundo a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, os relatos de trabalhadores sobre divergências entre o saque imediato do FGTS e a concessão do benefício começaram a chegar na segunda quinzena de dezembro. Após a detecção do problema, o Ministério da Economia iniciou os processos corretivos nos seus sistemas para solucionar a questão, com suporte da Caixa.